Paredes de Concreto


Sistema construtivo onde as paredes são painéis de concreto armado, concretados no local contra forma removível de diferentes tipos. É uma estrutura monolítica de grande resistência, inclusive aos efeitos sísmicos. É muita utilizada , há muitos anos, em diferentes regiões do mundo , como Estados Unidos , América Central e do Sul. Conhecida no Brasil desde a década de 60,em obras de pequena escala, tomou renovado impulso a partir de 2007.

É tipicamente utilizada em obras com grande número de unidades iguais e em obras de grande velocidade, como conjuntos residenciais horizontais ou verticais. Com a equipe ajustada e logística correta executa-se uma concretagem por dia, ou seja,2 a 4 uh por dia (concretando-se meia laje por dia , fazemos 5 lajes em 10 dias úteis). Para tanto necessita-se de uma boa racionalização do sistema através da coordenação de projetos (arquitetura, estrutura e instalações). Com isto consegue-se a velocidade ideal, com desempenho e redução de mão de obra e custos.

São muito importante as questões de logística e gestão da produção, auxiliadas pelo bom detalhamento dos projetos (aproveitamento de telas, ligações, detalhes de aberturas) e especificação correta do concreto. Todos estes assuntos são tratados nos ativos dos grupos de trabalho da ABCP-ABESC-IBTS. Estes trabalhos, juntamente com a Norma de Desempenho, deram origem à Diretriz SINAT 001-rev2 e, posteriormente à Norma ABNT NBR16055 - projeto e execução em paredes de concreto.

O eng Arnoldo Wendler é consultor e coordenador dos GT da ABCP/ABESC/IBTS e coordenador da NBR16055 na ABNT. Já projetou mais de 100.000 uh em paredes de concreto nos últimos anos.